Significado das tarjas de medicamentos

Olá amigos do CasImages. Todo mundo conhece o termo: “medicamento tarja preta“. E sabe que isso significa que aquele medicamento tem uso controlado. Mas existem outras tarjas e cada uma tem um significado específico. Basicamente, a cor da tarja indica visualmente qual a classificação de venda daquele medicamento.

Eu explico: os de tarja preta são medicamentos entorpecentes ou psicotrópicos – aqueles que agem no sistema nervoso e que podem causar dependência física e/ou psíquica – só podem ser vendidos com receita médica, e a receita fica retida na farmácia, para manter o controle rigoroso.

Os de tarja vermelha apresentam riscos intermediários, alguns vêm com uma inscrição, “venda sob prescrição médica”, outros, que podem ter maiores efeitos adversos ou exigem maior cautela durante o uso,  têm a frase um pouco maior, “venda sob prescrição médica só pode ser vendido com retenção da receita”, é o caso dos antibióticos, por exemplo.

Os de tarja amarela são os já conhecidos genéricos, como o ibuprofeno, Lansoprazol, paracetamol. Quando o medicamento tem só a tarja amarela, ele pode ser comprado livremente na farmácia sem necessidade de receita. Mas é importante alertar que os genéricos podem ter, além da tarja amarela, as tarjas vermelha ou preta, indicando os riscos e as restrições que acabei de mencionar.

E existem os que não têm tarja nenhuma, o que significa que não precisam de receita médica, são aqueles usados para tratar sintomas simples, como dor de cabeça ou algum desconforto gástrico. Esses a gente também compra com liberdade na farmácia porque são remédios que apresentam poucos efeitos colaterais ou contraindicações, desde que corretamente usados e sem abusos. Tá claro?

E você? Costuma comprar medicamentos fora de farmácias e drogarias? Se medica sem controle? Quando o remédio é natural é necessário ter cuidado e pesquisar as Erectill Reclamações com calma na internet. Vale a pena perder um tempo e ver se você não estará trocando gato por lebre.

Leave a Reply