Benefícios do coco no emagrecimento

O coco tem diversas espécies e formas de consumo, faz tão bem à saúde que há outras formas para beneficiar a pele, como o óleo de coco, para incrementar nas recitas, como o leite de coco, para hidratar como a água de coco.

O mais importante é que independente da forma de consumo, o coco, traz diversos benefícios para a saúde.

O coco possui vitaminas A, B1, B2, B5 e C, além de diversos sais minerais. Saibam mais sobre os benefícios do coco para a saúde agora.

Confira os benefícios do coco

Água de coco no jejum intermitente

Todos nós sabemos que fazer jejum intermitente emagrece. A água de coco natural é um dos poucos alimentos permitidos durante o jejum intermitente.

Coco x Acne

O coco é repleto de vitamina B5, também conhecida como ácido pantotênico, saiba mais. A acne é causada pelo entupimento dos poros por secreções corpóreas. Com um consumo na medida certa de vitamina B5, a secreção é reduzida e a obstrução também é reduzida consequentemente. O ácido pantotênico também ajuda no metabolismo dos lipídios, inclusive na pele, ajudando a prevenção da acne.

Coco x Queda de Cabelo

Assim como todas as vitaminas do complexo B, a vitamina B5 não é diferente quando se refere aos cabelos. A nutrição adequada de seus folículos pilosos depende desse complexo de vitaminas.  A B5 garante que haja um fornecimento adequado de energia para as células metabolizarem esses nutrientes, o que significa que a deficiência de ácido pantotênico pode deixar os folículos pilosos desnutridos, acarretando em uma diminuição de crescimento dos fios e até mesmo queda dos cabelos.

Coco x Energia

A vitamina B1 ativa o sistema de enzimas que ajudam na oxidação do açúcar do sangue. Esse açúcar é a principal finte energética do corpo humano. Os níveis ideais de vitamina tiamina mantêm o organismo com a sensação de vigor e de satisfação. Essa energia vem também da síntese nos glóbulos vermelhos que tem a função de levar o oxigênio para o corpo inteiro.

Coco x Metabolismo

As vitaminas do complexo B já têm por funções ajudar o organismo nas metabolizações de hormônios diversos, assim como neurotransmissores. A vitamina B5 tem essa função de metabolizar a colina que é um nutriente que se converte na neurotransmissora acetilcolina que em níveis elevados estão associados com uma melhora nos princípios cognitivos: clareza de pensamento, manutenção da memória e melhor capacidade de concentração. Fazer jejum intermitente também pode ajudar a acelerar seu metabolismo.

 

Coco x Câncer

A vitamina B2 ou riboflavina está ligada à produção de novas células saudáveis no organismo, que é um dos mais importantes benefícios dessa vitamina, com isso o corpo conta com sua ajuda para enfrentar células pré-cancerígenas quando existentes no organismo, principalmente a do câncer cervical.

Coco x Sangue

Juntamente com o ferro que é o responsável pela produção da hemoglobina, a vitamina A faz a síntese reguladora da produção de hemoglobina. Essa hemoglobina nada mais é que o elemento do sangue que transporta o oxigênio para todos os tecidos do corpo. Tornando a vitamina A essencial para esse procedimento e para a vida.

Coco x Coração

Também com a função de antioxidante a vitamina C faz uma limpeza de colesterol nas artérias, evitando assim a arteriosclerose e a hipertensão arterial, sendo assim a vitamina C está ligada a diminuição de desenvolvimento de doenças do coração, como o infarto do miocárdio.

Coco x Estresse

Os níveis de cortisol são diminuídos quando em contato com a vitamina C, causando assim uma diminuição grande nos sintomas do estresse que são tão nocivos ao corpo.

Coco x Gorduras Localizadas

Uma pessoa com os índices de vitamina C idéias no organismo tendem a queimar mais gorduras localizadas durante os exercícios físicos, e também uma pesquisa apontou que o organismo com baixo índice de vitamina C tem maior dificuldade de perder a gordura abdominal, que além de esteticamente incômoda, é perigosa para a saúde.

Coco x Músculos

O consumo de vitamina C ajuda no ganho de massa muscular, isso porque os radicais livres são amenizados e os músculos protegidos de sua ação, que são liberados com demasia após um exercício físico. Colabora, também, para a diminuição da dor nos músculos. Baixos níveis de cortisol colaboram para o aumento dos níveis de testosterona, hormônio importantíssimo para o crescimento dos músculos.

One Response

  1. Eu de TPM 29 de agosto de 2018

Leave a Reply