Como aumentar a testosterona naturalmente

Olá, tudo bom? Hoje eu vou te passar 10 dicas fantásticas para você aumentar sua testosterona de forma natural, quer seja para aumentar a virilidade, a performance, para melhorar o ganho de massa muscular, para melhorar fertilidade, fica comigo até o final que você vai adorar, com certeza.

Então vamos lá, vamos começar com a nossa lista de 10 coisas que você pode mudar no seu dia a dia para melhorar a sua produção
de testosterona.

O que é testosterona e qual sua importância?

A gente sabe o que a testosterona é um hormônio super importante, principalmente para os homens.

Ela está muito relacionada com a performance sexual, com a capacidade de ereção, com o ganho de massa muscular, com a fertilidade, então fica comigo até o final para você ver como aumentar a sua testosterona.

Controle o estresse

Primeira dica, é controlar o estresse. Pode parecer um pouco curioso isso, mas tem uma relação científica, realmente. Quando a gente está muito estressado, a gente acaba produzindo mais o hormônio do estresse, que é o cortisol.

E o cortisol ele é contra regulador de testosterona, ou seja, quando a gente tem uma grande secreção do cortisol, o nosso organismo acaba diminuindo a produção de testosterona, ao passo que quando a aumentamos a testosterona, abaixamos automaticamente o cortisol, e vice-versa.

Então, abaixar o cortisol vai fazer com que seu organismo fique mais facilmente disponível para produzir mais testosterona.

Por isso, realmente se controlar, buscar mais bem estar, se estressar menos no trânsito, no trabalho, pode ajudar bastante a aumentar sua testosterona.

Cuide do seu sono

Segunda dica, é dormir uma quantidade suficiente, com boa qualidade de sono. O sono está muito relacionado à produção de testosterona.

O descanso correto, pelo menos 7 horas por dia seria ideal, 7 horas bem dormidas, porque não adianta aquele sono picotado, estressado, que você acorda e vê o celular, aquela luz no seu olho, que te faz ficar mais acordado, num quarto ainda meio iluminado, sem conseguir relaxar completamente.

Dormir bem é super importante para ter uma boa produção de testosterona, e de repente, antes de dormir, você pode tomar um chá, alguma coisa que te acalme, que te relaxe, para colocar você já num modo mais tranquilo para ter uma melhor noite de sono e melhorar a testosterona também.

Se torne mais ativo

A terceira dica é ser uma pessoa mais ativa. Não quer dizer, necessariamente, que você vai ter que fazer musculação, ou enfim, pegar ferro, levantar ferro, não é nada disso. Mas, se você conseguir musculação, melhor ainda para você.

Mas, só a questão de você ser uma pessoa mais ativa, menos sedentária, já vai ajudar você a aumentar a sua produção de testosterona. O que que eu quero dizer com isso?

Usar as escadas, ao invés de escada rolante ou elevador, caminhar mais na ida do trabalho, na volta do trabalho, dentro da faculdade, enfim, ficar mais ativo no dia a dia mesmo, ficar menos horas na frente da televisão, menos horas sentado, jogando videogame, se for o caso, porque isso na verdade não vai levar a nada, e atividade física é muito importante para a correta a produção de testosterona.

Agora, partindo do princípio que você treina, é ótimo para você, você já tem mais chance de produzir testosterona em maior quantidade, porque o treino de musculação ajuda diretamente a aumentar a quantidade de testosterona produzida, principalmente, obviamente, os treinos de musculação, né, que são aqueles exercícios de curta duração e alta intensidade.

E se você for homem, é bem importante que você lembre de focar também no grupamento de pernas.

Porque, às vezes, os homens querem melhorar as costas, melhorar o peitoral, melhorar os braços e esquecem de treinar perna, um grande volume de músculo está encontrado nos nossos membros inferiores, então é bem importante você lembrar de treinar esses membros inferiores também, para você ter um bom resultado com relação a sua testosterona.

É engraçado, porque alguns homens falam: “ah, realmente eu não me preocupo com perna, vou pular o dia da perna, não vou treinar não.”

Mas, o esforço hormonal, a resposta do seu organismo ao esforço pós treino é tão intensa no grupamento de perna, que ajuda, inclusive, a você ganhar mais músculos nos membros superiores também.

Então, não só pelo trabalho, pelo resultado estético do treino de perna, mas pelo resultado anabólico, pelo resultado fisiológico de secreção hormonal, é importante você treinar membros inferiores também, não se esqueça disso.

Mantenha seu peso em dia

Outra dica é manter o peso adequado. Mas quando eu falo isso, eu não estou falando necessariamente do peso absoluto, porque obviamente as pessoas que fazem musculação, têm uma maior massa muscular, às vezes estão com o IMC aumentado.

Se você for usar o IMC como parâmetro, parece que a pessoa é até obesa, por isso que a gente já não usa mais o IMC como parâmetro, porque realmente o que é importante é você ver a composição corporal: quantidade de massa livre de gordura, tecido muscular e tecido gordo.

Então, quanto mais tecido gorduroso, tecido adiposo você tem no seu organismo, menor a sua produção de testosterona, e quanto mais tecido muscular, você já viu no outro tópico que eu falei, maior é a produção.

Então, já têm alguns fatores que falam que homens e mulheres com maior percentual de gordura corporal, têm mais dificuldade de produzir testosterona.

Diminuir o percentual de gordura, o percentual de massa gorda, pode te ajudar a produzir mais testosterona também.

Alimente-se melhor

Outro tópico, como vocês devem supor, super importante, é a alimentação. Quando eu falo em alimentação, não é só o número de calorias que você consome, mas sim a qualidade dos alimentos.

Por exemplo: o açúcar está muito relacionado à diminuição na capacidade de produzir testosterona, a soja também, quando consumida em excesso, pode contra-regular, pela presença dos fitoestrógenos naturalmente presentes na soja.

Então, o ideal é que você consuma o mínimo possível de açúcar, e regule um pouco a quantidade de soja que você consome no dia a dia.

E sempre lembrando, gente, que quando a gente fala de controlar a quantidade de soja, eu não estou falando daquele grão de soja, se você é vegetariano ou vegano, que você consome, e sim dos subprodutos, porque para quem é vegetariano e vegano, a tendência de consumir muita soja é enorme: você tem o tofu, você tem o molho de soja, você tem o tempeh, você tem o edamame, então acaba tendo muita soja na nossa alimentação.

Então, tenta equilibrar isso para não consumir em excesso.

Fique um pouco mais no Sol

Outra dica é pegar sol, porque a vitamina D está super relacionada ao aumento da produção de testosterona, e a gente sabe que a ativação da vitamina D, a maior grande parte dela é feita através da radiação solar.

Então, se você não é o tipo de pessoa que pega muito sol e tem essa disponibilidade, ou não pode por alguma outra questão de saúde, considera consumir mais alimentos fontes de vitamina D, ou até mesmo suplementar, se for o caso.

Diminua o consumo de bebida alcoólica

A bebida alcoólica é outro fator para você ficar ligado, diminuir a ingestão, porque o excesso de álcool facilita a conversão de testosterona em estrogênio, o que é péssimo se você está querendo manter os seus níveis de testosterona aumentados no organismo.

Então, se você está buscando realmente aumentar a produção e os níveis de testosterona, diminuir a bebida alcoólica ao máximo que você conseguir, vai te ajudar muito nos seus resultados.

Pare de fumar

Outro problema grande é quem fuma, então abandonar o cigarro, o tabagismo, é super importante, porque o cigarro na verdade ele desregula a secreção de vários hormônios, enfim, afeta o nosso organismo de várias formas muito complicadas, metabolicamente falando, e hormonalmente falando.

Então se você puder abandonar o cigarro, vai ser ótimo para a sua produção de testosterona, para os seus ganhos de massa muscular, para a sua melhora da libido, da performance sexual também.

Então, considere buscar ajuda, de repente, de um psicólogo, de um psiquiatra, de um grupo de apoio, mas abandonar o cigarro vai
ser super importante para você.

Cuidado com o excesso de cafeína

Outra coisa para se ligar é o consumo do excesso de cafeína, porque a cafeína ela excita o sistema nervoso central e estimula a secreção justamente do cortisol, que é aquele hormônio que eu falei, que é contra-regulador da testosterona, que faz com que quanto mais cortisol você tem, menos testosterona e o café em excesso estimula a produção do cortisol.

Eu não estou querendo dizer para você não tomar aquele cafezinho de manhã, mas aquelas pessoas que tomam café de manhã, aí outro café antes do almoço, depois do almoço, para ficar acordado, aí vai treinar, toma café…

Esse consumo acaba se tornando muito alto para uma pessoa só e muita excitação do sistema nervoso central. E lembrando que não é só o café que tem cafeína: o chocolate tem cafeína, o mate tem cafeína, alguns chás têm cafeína, como o chá preto, o chá verde, e alguns refrigerantes também, à base de cola.

Então cuidado da cafeína na verdade, de uma maneira geral, ao longo do dia pode ajudar a você aumentar a sua produção de testosterona endógena.

Faça exames para controlar seus hormônios

Se, por algum motivo, você acha que você realmente está com a testosterona baixa, para você ter certeza disso, você vai precisar fazer um exame de sangue.

Você vai ter que ir no médico, pedir o exame, avaliar como é que está.

Essas mudanças que eu te falei, são mudanças que não só ajudam a testosterona, mas a sua saúde de uma maneira geral.

Então, com certeza vão te ajudar na sua vida, principalmente a melhorar a testosterona, você já pode começar a implementar, e depois você reavalia se teve aumento, quanto aumentou, ou se é necessário partir para outras coisas, como uma suplementação, um desses suplementos que eu te falei, que podem te ajudar.

Vale a pena você introduzir os alimentos fontes, os alimentos que ajudam, quem dera tivesse alimentos fontes de testosterona, mas que ajudam a você produzir mais testosterona.

Vale a pena você introduzir de uma forma mais consciente na sua alimentação. Enfim, tem muitas estratégias que não vão prejudicar o seu organismo, que não vão ser agressivas, você não tem que tomar hormônio Androxon Bula, ou necessariamente fazer uma terapia de reposição nesse primeiro momento, mas que podem, em conjunto, ajudar significativamente a aumentar os seus níveis de testosterona, e todos os benefícios relacionados a ela.

E você, agora conta para mim aqui nos comentários: de tudo isso que eu te falei, dessas 10 dicas, o que que você acha que você não está fazendo, que está te atrapalhando com relação à testosterona, e o que que vai ser mais difícil de você botar em prática.

Conta para mim aqui embaixo, que eu vou adorar ler. Até a próxima, tchau, tchau.

 

Leave a Reply